“O real Hotel Marigold” – documentário BBC

Você já pensou em se aposentar e vir morar na Índia – por conta do custo baixo de vida e da “tranquilidade”? Pois é…o canal britânico, BBC, realizou um documentário sobre como seria o real ‘Marigold Hotel‘, trazendo ingleses com mais de 60 anos para virem morar por algumas semanas em Jaipur (cidade em que eu vivo desde 2013). Este documentário foi feito em 3 partes, e vale a pena assistir, se você curte a Índia.

Abaixo um breve trailer de como é este documentário – pois o conteúdo integral foi retirado do Youtube.

Infelizmente, como a maioria das informações que possuímos sobre este país, a BBC fez com que víssemos mais o lado típico indiano, como por exemplo:

  1. Os ingleses moram no meio da Pink city, em um Hotel – Ok, o Hotel é bom e limpinho, porém NUNCA conheci um estrangeiro que morasse no meio da muvuca que é a cidade rosa;
  2. A BBC faz com que os participantes vão de Jaipur para Agra de trem, em classe normal! Sério? É isto mesmo produção? Não há a necessidade de faze-los passar por isto. Alugar um carro sai super em conta e é bem mais confortável, além de que se for de trem, que vá em primeira classe, já que o valor é bem barato para quem ganha em libras;
  3. Em uma parte do primeiro episódio eles mostram uma das inglesas utilizando um banheiro público. Eu nunca fui nestes banheiros e não conheço ninguém que seja estrangeiro e que tenha ido. Mesmo na Pink city há restaurante com um bom banheiro que pode ser utilizado;
  4. Neste mesmo episódio mostra alguns estrangeiros indo até um local onde vende a carne de frango fresca, ou seja, você escolhe o frango e eles matam o mesmo na hora – porém, há também açougues em que os estrangeiros que vivem em Jaipur não precisem passar por isto;
  5. Por último, o que eu achei mais absurdo foi mostrar o moço indiano da casta Meena, dizendo que ele não consegue um bom emprego em agências de turismos por conta da casta dele, e além disto ele diz que ganha 2 mil rúpias por semana. Eu tenho amigas que conhece ele e me disseram que ele trabalha como guia de uma empresa de turismo, e que ele ganha sim mais do que esta quantia.

Sobre a pergunta acima “morar na Índia após se aposentar”: Eu não consigo imaginar a minha avó, que tem mais de 70 anos, morando aqui.

Acho que se você já estiver morando na Índia, quando alcançar uma certa idade, tudo bem, porém se mudar para cá por tempo integral, após se aposentar, eu não vejo lógica, a não ser que você não tenha família em seu país de origem e tenha uma saúde muito boa.

Sim, a Índia possui um custo de vida muito mais em conta, mas creio que a mudança repentina, de uma vida ocidental para a Índia, quando estiver com uma certa idade, pode deixar a pessoa muito estressada, por conta da grande diferença cultural e das dificuldades em conseguir as coisas de uma forma mais simples.

Depois me contem o que acharam do documentário. Adoro quando recebo opniões de vocês. 🙂

Anúncios

O que deu o que falar na Índia?

Resolvi criar um tópico aqui no blog para sempre postar assuntos que deram o que falar na Índia. O que acham desta idéia? 🙂

O primeiro assunto vocês já devem saber, caso sejam fãs de rock alternativo, pois devem ter escutado falar sobre o último vídeo clipe da banda Coldplay que saiu na semana passada, Hymn for the Weekend.

No clipe a banda está nas ruas de Mumbai, Índia, mostrando o festival Holi e o modo de como algumas pessoas vivem, além de ter a participação da cantora Beyoncé, como se ela fosse uma atriz de Bollywood.

Este vídeo clipe deu o que falar por aqui, com vários comentários online à capas de jornais, durante toda a última semana e início desta.

O que acontece é que para os indianos a banda não poderia ter utilizado apenas de fatores religiosos e do lado pobre da Índia para apresentar este País.

Há várias matérias de sites pelo mundo todo falando sobre este assunto.

IMG_2160

Aqui consta uma matéria interessante da MTV, escrita por um Indian-American (nascido nos EUA, porém com descendência indiana) e aqui uma matéria do jornal que assino, Times of India.

Bom, o que eu acho sobre isto?

A princípio eu achei que a banda não conseguiu mostrar o que realmente é a Índia, principalmente nos dias atuais, porém, depois de pensar mais sobre isto, eu vi que a banda apenas gravou aquilo que “vende” – que as pessoas querem ver.

Ou seja, se eles mostrassem o lado diferente da Índia, que poucos conhecem, o vídeo não teria tanto acessos.

Isto acontece em qualquer lugar, como por exemplo, se o clipe fosse gravado no Japão, com certeza eles mostrariam mulheres de kimonos e nas ruas de Tokyo…se fosse gravado no Brasil, seriam crianças jogando futebol e mulheres de biquínis na praia..no Egito, mostrariam as pirâmides…e assim por diante. Até mesmo os filmes de Bollywood realizam este tipo de estereótipo…por isto não sei o porquê alguns indianos estão tão revoltados…rs.