The Second Best Marigold Hotel

Como eu já comentei anteriormente eu adoro assistir tudo que esta relacionado à Índia, e fico ainda mais animada quando se refere a Jaipur.

Por isto, nesta semana estive no cinema para assistir ao filme ‘The Second Best Marigold Hotel’.

marigold-hotel

Este é o segundo filme sobre a história de um garoto que possui o seu próprio Hotel em Jaipur!!

O filme teve 90% das cenas realizadas na cidade em que moro! A qualidade da filmagem está espetacular, ou seja, conseguimos ter uma bela noção do que é Jaipur!

Ficou com vontade de assistir?

Bom, eu não sei quando e se estará disponível nos cinemas do Brasil, porém enquanto isto curtam o trailer aqui:

🙂

Anúncios

Princesa de Jaipur

Vocês sabiam que há uma Princesa na cidade em que moro?

Para ser sincera eu fiquei sabendo disto há pouco tempo.

O nome dela é Diya Kumari.

Imagem do site 'royalfables'

Imagem do site ‘royalfables’

Ela é a filha única do Marajá Sawai Bhawani Singh.

Lógico que hoje em dia ela não tem mais poderes de Princesa, pois desde o final de 1971 o Governo Indiano aboliu os privilégios dos Marajás e seus herdeiros, através da 26ª Emenda da Constituição da Índia, porém ela ainda carrega o título.

Diya Kumari e sua família moram em um dos pontos turísticos mais visitados da cidade, chamado de City Palace. Além disto ela é dona de outros pontos turísticos, tais como, Jaigarh Fort e Amber Fort.

Foto do City Palace por Camila Pimenta

Foto do City Palace por Camila Pimenta

 

Foto do City Palace por Camila Pimenta

IMG_0835

Foto do City Palace por Camila Pimenta

Foto do City Palace por Camila Pimenta

Eu já comentei aqui sobre este local, mas não havia falado que o acesso ao City Palace é diferenciado pelo valor do ingresso que seu bolso pode pagar.

Se Você for como eu, que acha um absurdo pagar caro para ver algo que se pode ver na internet, e que não vá lhe trazer emoção alguma, eu recomendo a escolher o ingresso normal, que sai por 300 rúpias para os estrangeiros (cerca de R$ 15,80 se formos converter na data de hoje).

Já a entrada “especial” custa o dobro, e com este valor Você terá acesso a alguns dos cômodos utilizados pela família da Princesa.

O City Palace fica bem no coração da Pink City (bairro que deu origem a cidade de Jaipur) e foi um dos locais que a autora Glória Perez escolheu para gravar algumas cenas da novela Caminho das Índia.

Boato: dizem por aqui que a Princesa se casou pois estava grávida do motorista da família! Pois é minha gente….aqui na Índia também há este tipo de situação, até mesmo entre os de sangue nobre. Rs…

Compreendendo um pouco mais sobre a Índia.

Que a Índia foi colonizada por muitos anos pelos ingleses todos sabem…porém o que eu nunca tinha parado para refletir é os costumes que eles colocaram na vida dos indianos e que permanecem até hoje.

Eu fui perceber isto apenas após assistir a primeira temporada completa de Seriado Downton Abbey.

the-cast-of-downton-abbey1

Não é apenas o chá com leite (chai) e as palavras inglesas que pude ver que permaneceram na vida indiana, após a saída dos ingleses em 1947.

Entre os outros pontos estão:

  • Os ingleses deste seriado se levantam sempre que o seu superior entra em cena – fato que ocorre muito por aqui. Você verá este costume nas Empresas até no porteiro do seu prédio (até hoje eu não gosto quando eu entro e saio do meu prédio e o porteiro levanta da sua cadeira – já até pedi para o Dilip conversar com ele e dizer que não precisa, mas é difícil mudar um costume implantado na pessoa desde que ela é pequena);
  • Homens realizando tarefas que em nossa visão de ocidental são tarefas de mulheres. Aqui na Índia quem limpa a minha casa, passa roupa, faz meu pé e minha mão (manicure e pedicure), são os homens. E é super comum ver isto em todos os lugares, ou seja, não há nenhum preconceito ou brincadeira boba sobre eles realizarem este trabalho. Neste seriado os homens também realizam várias destas atividades que eu mencionei acima;
  • Aqui na Índia, as pessoas que estão realizando um trabalho que não é tão reconhecido entre eles, como limpar a casa, dificilmente olham para nós de igual para igual…há um receio entre conversar (mesmo se for em hindi), e eles sempre nos chamam de ‘Madam’ ou ‘Sir’ – da mesma forma que vemos neste seriado;
  • O modo impecável de se vestir (cuidado com as roupas, mesmo que estas sejam velhas), e o costume de ter vários funcionários para manter uma casa grande, são outros aspectos que eu consegui identicar semelhanças ao assistir a esta série de TV Inglesa.

Lógico que este seriado foi gravado como sendo em 1914, e eu nunca estive na Inglaterra para saber se este tipo de costumes ainda permanecem por lá….mas achei interessante vir aqui repassar para Vocês, que gostam da Índia do mesmo modo que eu.

Ahhh, e se Você souber sobre algum outro seriado para me indicar, onde eu possa ver algo relacionado com a Índia, por favor, me avisa por aqui, pois compreender este País que me acolheu tão bem é um dos meus hobbies prediletos. 🙂

Curiosidades.

Faz tempo que não passo por aqui para contar curiosidades sobre a Incrível Índia! Bom, hoje vou recompensar o tempo perdido e compartilhar com Vocês 5 fatos!

  • Cópia de chaves:

Na cidade em que eu moro não há um chaveiro o qual eu possa levar a minha chave e pedir para que este realize uma cópia, acreditam?

Este tipo de trabalho não é permitido por aqui.

Se eu perder a chave, ou se eu desejar ter mais que uma, eu preciso solicitar que um profissional deste ramo venha até o meu apartamento e troque a fechadura, a qual normalmente vem com 3 cópias!

  • Piada sobre as castas:

No Brasil é normal fazermos piadinha com o time de cada pessoa, não é mesmo? Corintiano é ladrão, São Paulino é bichinha e assim por diante…bom, aqui na Índia eles fazem piadinhas com a casta da pessoa….Por exemplo: “ahh, ele é daquela casta que todos são ‘pão duros’”, “Ele não se importa se Você o chamar de estúpido e etc, por que ele é da casta a qual não guarda rancor”.

Uma vez escutei de um amigo: “Camila, esta pessoa é de uma casta tão interesseira que dizemos que se uma mosca cair no chai dela, ao invés dela jogar fora, ela vai esmagar a mosca até tirar a última gota de líquido deste animal e beberá o chai na sequência”. :O

  • Imagens sensuais nos filmes:

Fui assistir um filme americano meses atrás, e em todas as cenas de beijos e etc a camera era aproximada para não mostrar a imagem sensual.

Por exemplo:

Esta é a cena normal, que vemos no Youtube ou em qualquer cinema no Brasil:

1

Já esta é a cena que aparece no cinema aqui da Índia:

2

  • Necessidade de ter filhos:

A Índia é o segundo País mais populoso do mundo, e ainda assim há em todos os casais que conheço uma pressão enorme da família em que eles tenham filhos, mesmo que a família não tenha condições. Tá… ok… no Brasil eu também vejo os familiares questionando para os recém casados quando que “a cegonha” vem! Mas aqui isto ocorre em uma proporção muito maior.

É tanta gente, mas tanta gente (mais que um bilhão, comparado com o Brasil), que na minha visão deveria ter um controle maior.

Entre os tradicionais, se a mulher não conseguir engravidar é algo muito mal visto, ainda nos dias de hoje. 😦

150px-Manjula_Nahasapeemapetilon

  • Visto negado para os EUA:

Para quem não sabe, houve em 2002 uma luta entre Muçulmanos e Hindus na fronteira com o Paquistão. Neste conflito muitas pessoas morreram. O governante daquela região na época era o atual Primeiro Ministro da Índia (Modi), e ele não tomou nenhuma providencia para acabar com os conflitos. Sendo assim, há quem diga que Modi foi culpado pela morte de muitos civis.

Por conta disto, em 2012 o atual Primeiro Ministro não conseguiu seu visto para os Estados Unidos, tendo em vista que, o governo dos EUA não aceita em seu território pessoas que tenham participado de nenhum conflito internacional.

O Presidente dos EUA esteve na Índia no mês de Janeiro, e em Setembro do ano passado o Primeiro Ministro da Índia esteve nos EUA – a relação entre os dois Países está mais forte do que nunca e há muitas negociações ocorrendo entre eles, agora em 2015.

Quem poderia prever que isto ocorreria!? Aqui na Índia isto é motivo de risadas, quando comentado.