Curiosidade – parte 9

A primeira vez que vi a figura abaixo eu pensei: “nossa, que tatuagem feia…parece tatuagem de cadeia, ou ele devia estar bêbado quando deixou que fizessem isso com ele”. (Sim, eu sempre penso o pior quando algo estranho aparece na minha frente…rs).

Imagem

Porém tal tatuagem não se refere a nada do que eu falei acima.

Há vários indianos que possuem tatuagem como essa em alguma parte do corpo, sendo o braço o membro mais comum.

Os pais indianos realizam tal ação para não perder as crianças nas vilas – Isso mesmo, essas tatuagens são feitas quando os indianos ainda são crianças, e é realizada de qualquer forma, apenas escrevendo o nome ou outro dado da família em híndi.

Anúncios

Coisas irrelevantes…

Achei interessante repassar aqui alguns temas irrelevantes da Índia, quando comparados a grande imensidão de assuntos que esse País pode abordar:

  • Conta de luz:

A conta de energia aqui na Índia vem de dois em dois meses, e o valor, na minha humilde opinião, é mais barato do que a do Brasil.

Em nosso apartamento, para vocês terem uma idéia, possui ar condicionado em dois quartos, geladeira, máquina de lavar, e a primeira conta foi de 6.321,00 rúpias.

Ou seja, cerca de R$ 234,00 para dois meses de uso.

A conta só vem escrita em híndi, sendo assim, se você não fala o idioma é bom dar para algum conhecido indiano conferir.

  • Henna no cabelo:

Há muitos homens indianos que costumam passar henna no cabelo, para disfarçar os fios brancos, conforme imagem abaixo:

Imagem

Eu acho horrível, pois o cabelo fica laranja, e sempre que tenho a oportunidade falo para os meus conhecidos indianos não fazerem isso quando ficarem velhos.

  • Blusa por debaixo da roupa.

Aqui faz muito calor, muito calor MESMO!!! Sendo assim, quase 100% dos homens e rapazes utilizam aquela famosa blusinha de regata branca, embaixo da camisa.

Lembro que meu avô utilizava, mas eu não curto!

Paixão da minha vida.

Nessa viagem para a Índia estou descobrindo várias coisas sobre mim, e entre elas ficou comprovado que a grande paixão da minha vida é viajar.

Uma viagem compensa tudo o que passamos de ruim na vida.

Conforme disse Elizabeth Gilbert:

“Tenho pelas viagens o mesmo sentimento que uma feliz nova mamãe tem por seu recém-nascido barulhento, inquieto e cheio de cólicas – simplesmente não ligo para o que elas me fazem suportar. Porque eu as adoro. Porque elas são minhas. Porque são exatamente a minha cara. Elas podem golfar em cima de mim se quiserem – eu simplesmente não ligo.”

Uma dica que eu dou para Você, que quer começar a viajar, é criar conjuntos de técnicas de sobrevivência.

Entre as coisas importantes é ser paciente quando necessário, fazer uma mala levinha, não ter medo de experimentar comidas diferentes, e estar disposta a fazer amizade com qualquer pessoa que encontrar no caminho. =)

Imagem

Sim, um dia eu ainda viajarei o mundo todo!!!

“Uma vez que você prove o vôo, nunca mais você caminhará sobre a terra sem olhar para os céus, pois você já esteve lá, e para lá sua alma deseja voltar”. (Leonardo Da Vinci)

Curiosidade – parte 8

É lógico que todo mundo já sabe que o modo como algumas indianas se vestem é muito diferente do estilo que nós brasileiras estamos acostumadas. 

Bom, a curiosidade está em que há um estilo tradicional de se vestir de acordo com a casta de cada pessoa, principalmente nas vilas, e muitas vezes o modo de vestir a roupa varia de acordo com cada região da Índia.

No blog abaixo há uma explicação mais detalhada do que estou falando.

http://www.ehow.com.br/historia-roupas-indianas-sobre_4738/

 Para ficar mais fácil de vocês entenderem darei um exemplo:

 As mulheres da casta Kalbeliya se vestem com esse tipo de bracelete (foto abaixo):

Imagem

Conforme disse uma amiga minha: isso daria uma bela tese de mestrado na área de moda.

Sal e pimenta!

Olhe a imagem abaixo e me diga se Você consegue ver algo de errado na descrição que eu acrescentei:

Imagem

Sim, isso mesmo! Aqui na índia o potinho com três furinhos serve para a pimenta e o de um furinho para o sal.

Sempre que uso sal em restaurante eu acabo errando a escolha…rs.

Aproveitando a postagem para um breve comercial da DILEEP Industries:

Essa imagem acima é de um produto da minha empresa! Porém o que eu mais curto é o casalzinho do Rajastão, conforme foto abaixo:

Imagem

@Mãe, não precisa pedir, pois já comprei um para a Senhora! 🙂