Balanço final (Estou voltando para casa)!

Primeiramente gostaria de agradecer a todos que me acompanharam nesses quase nove meses de publicação! Sem os comentários de vocês eu não teria tido animação suficiente para escrever sobre a minha vida aqui na Índia.

Posso dizer que todos os dias houve um novo aprendizado, e que não há dinheiro no mundo que pague essa experiência.

Para aqueles que estão planejando vir para cá eu desejo muita sorte, muito amor e muita luz nessa nova jornada!!! (Tudo isso foi desejado para mim, e posso dizer que funcionou).

Você tem que vir de mente e coração aberto, e se acalmar, porque no fim sempre dá tudo certo! Para isso há uma frase que uso muito: “Tudo dá certo no final, se ainda não deu certo é porque não chegou ao final” (Sim, eu sou sempre muito otimista!).

Além disso, é muito importante que nunca se esqueçam de seguir a sua intuição.

A saudade de casa e das pessoas que amamos vai ser grande, concordo, mas a Índia vai lhe dar forças para superar esse sentimento.

Lembrem-se sempre que “Ninguém disse que seria fácil, mas apenas que valeria a pena!”.

Quando estava prestes a viajar uma moça que morou aqui me disse que este País havia mudado a vida dela. Hoje eu a compreendo, pois a Índia também mudou a minha vida!

Para aqueles que possuem curiosidade sobre o meu futuro eu posso dizer que, conforme escreveu José Saramago, “O fim de uma viagem é apenas o começo de outra”, sendo assim, já estou com novos planos!

Ainda tem muitas experiências para serem vividas e compartilhadas!

Dessa forma, quem sabe, até o próximo blog!

P.s.: Termino esse diário de viagem com um agradecimento a todos que me ajudaram de alguma forma a fazer com que a minha passagem por esse País fosse menos penosa, contudo tenho que agradecer especialmente ao meu indiano predileto: Dilip, você fez a minha vida nesse País ser muito mais prazerosa. Um MUITO obrigado por tudo!

Image