“O real Hotel Marigold” – documentário BBC

Você já pensou em se aposentar e vir morar na Índia – por conta do custo baixo de vida e da “tranquilidade”? Pois é…o canal britânico, BBC, realizou um documentário sobre como seria o real ‘Marigold Hotel‘, trazendo ingleses com mais de 60 anos para virem morar por algumas semanas em Jaipur (cidade em que eu vivo desde 2013). Este documentário foi feito em 3 partes, e vale a pena assistir, se você curte a Índia.

Abaixo um breve trailer de como é este documentário – pois o conteúdo integral foi retirado do Youtube.

Infelizmente, como a maioria das informações que possuímos sobre este país, a BBC fez com que víssemos mais o lado típico indiano, como por exemplo:

  1. Os ingleses moram no meio da Pink city, em um Hotel – Ok, o Hotel é bom e limpinho, porém NUNCA conheci um estrangeiro que morasse no meio da muvuca que é a cidade rosa;
  2. A BBC faz com que os participantes vão de Jaipur para Agra de trem, em classe normal! Sério? É isto mesmo produção? Não há a necessidade de faze-los passar por isto. Alugar um carro sai super em conta e é bem mais confortável, além de que se for de trem, que vá em primeira classe, já que o valor é bem barato para quem ganha em libras;
  3. Em uma parte do primeiro episódio eles mostram uma das inglesas utilizando um banheiro público. Eu nunca fui nestes banheiros e não conheço ninguém que seja estrangeiro e que tenha ido. Mesmo na Pink city há restaurante com um bom banheiro que pode ser utilizado;
  4. Neste mesmo episódio mostra alguns estrangeiros indo até um local onde vende a carne de frango fresca, ou seja, você escolhe o frango e eles matam o mesmo na hora – porém, há também açougues em que os estrangeiros que vivem em Jaipur não precisem passar por isto;
  5. Por último, o que eu achei mais absurdo foi mostrar o moço indiano da casta Meena, dizendo que ele não consegue um bom emprego em agências de turismos por conta da casta dele, e além disto ele diz que ganha 2 mil rúpias por semana. Eu tenho amigas que conhece ele e me disseram que ele trabalha como guia de uma empresa de turismo, e que ele ganha sim mais do que esta quantia.

Sobre a pergunta acima “morar na Índia após se aposentar”: Eu não consigo imaginar a minha avó, que tem mais de 70 anos, morando aqui.

Acho que se você já estiver morando na Índia, quando alcançar uma certa idade, tudo bem, porém se mudar para cá por tempo integral, após se aposentar, eu não vejo lógica, a não ser que você não tenha família em seu país de origem e tenha uma saúde muito boa.

Sim, a Índia possui um custo de vida muito mais em conta, mas creio que a mudança repentina, de uma vida ocidental para a Índia, quando estiver com uma certa idade, pode deixar a pessoa muito estressada, por conta da grande diferença cultural e das dificuldades em conseguir as coisas de uma forma mais simples.

Depois me contem o que acharam do documentário. Adoro quando recebo opniões de vocês. 🙂

Miojo MAGGI é proibido na Índia!

Há mais de 7 anos eu sai da casa dos meus pais e fui morar nos EUA.

Lembro como se fosse ontem, que via a minha família muito preocupada com a minha decisão. O principal motivo? A minha alimentação.

Quem me conhece sabe que eu nunca fui fã de cozinhar, e por isto havia um receio da minha família como que eu me alimentaria estando fora de casa.

Recordo da minha tia me dizendo: “Camila, não coma miojo – este alimento é um veneno para o corpo”.

Ok….Ok….eu sei….mas naquela hora de preguiça, quando eu escutava o meu estômago fazer barulho e queria apenas me livrar da fome, é o miojo que me salvou em várias situações….rs.

Hoje em dia eu tenho mais conciência e cuido melhor da minha alimentação….como diz a modelo Gisele Bundchen: “O seu corpo é o seu templo”.

Bom, o motivo de eu estar falando sobre isto aqui no Blog é que esta semana o tópico mais discutido na Índia foi a proibição da venda deste alimento, conhecido popularmente como Maggi (marca mais famosa de miojos).

Imagem obtida no site http://newshunk.com/

Imagem obtida no site http://newshunk.com/

A razão da proibição?

Foi encontrado um alto índice de chumbo neste alimento.

O engraçado é que há um comercial na TV que fala que este alimento é muito saudável. Conforme Você pode assistir abaixo:

Até a atriz do comercial, Madhuri Dixit, teve que se explicar para as autoridades e para a população indiana. Na internet está rolando várias piadas, como já se podia esperar…

  • A partir de agora as garotas indianas terão que alterar o perfil do site de relacionamento, dizendo que não sabem cozinhar:

IMG_1465

  • Os que gostam de MAGGI continuarão adquirindo este produto, o qual será considerado um vício/ uma droga.

IMG_1456

O próprio governo indiano está processando a Nestlé, que é a empresa responsável pela fabricação do miojo Maggi.

E Você? Já parou para pensar no mal que estas comidas processadas podem lhe causar?

Compreendendo um pouco mais sobre a Índia.

Que a Índia foi colonizada por muitos anos pelos ingleses todos sabem…porém o que eu nunca tinha parado para refletir é os costumes que eles colocaram na vida dos indianos e que permanecem até hoje.

Eu fui perceber isto apenas após assistir a primeira temporada completa de Seriado Downton Abbey.

the-cast-of-downton-abbey1

Não é apenas o chá com leite (chai) e as palavras inglesas que pude ver que permaneceram na vida indiana, após a saída dos ingleses em 1947.

Entre os outros pontos estão:

  • Os ingleses deste seriado se levantam sempre que o seu superior entra em cena – fato que ocorre muito por aqui. Você verá este costume nas Empresas até no porteiro do seu prédio (até hoje eu não gosto quando eu entro e saio do meu prédio e o porteiro levanta da sua cadeira – já até pedi para o Dilip conversar com ele e dizer que não precisa, mas é difícil mudar um costume implantado na pessoa desde que ela é pequena);
  • Homens realizando tarefas que em nossa visão de ocidental são tarefas de mulheres. Aqui na Índia quem limpa a minha casa, passa roupa, faz meu pé e minha mão (manicure e pedicure), são os homens. E é super comum ver isto em todos os lugares, ou seja, não há nenhum preconceito ou brincadeira boba sobre eles realizarem este trabalho. Neste seriado os homens também realizam várias destas atividades que eu mencionei acima;
  • Aqui na Índia, as pessoas que estão realizando um trabalho que não é tão reconhecido entre eles, como limpar a casa, dificilmente olham para nós de igual para igual…há um receio entre conversar (mesmo se for em hindi), e eles sempre nos chamam de ‘Madam’ ou ‘Sir’ – da mesma forma que vemos neste seriado;
  • O modo impecável de se vestir (cuidado com as roupas, mesmo que estas sejam velhas), e o costume de ter vários funcionários para manter uma casa grande, são outros aspectos que eu consegui identicar semelhanças ao assistir a esta série de TV Inglesa.

Lógico que este seriado foi gravado como sendo em 1914, e eu nunca estive na Inglaterra para saber se este tipo de costumes ainda permanecem por lá….mas achei interessante vir aqui repassar para Vocês, que gostam da Índia do mesmo modo que eu.

Ahhh, e se Você souber sobre algum outro seriado para me indicar, onde eu possa ver algo relacionado com a Índia, por favor, me avisa por aqui, pois compreender este País que me acolheu tão bem é um dos meus hobbies prediletos. 🙂

Curiosidades.

Faz tempo que não passo por aqui para contar curiosidades sobre a Incrível Índia! Bom, hoje vou recompensar o tempo perdido e compartilhar com Vocês 5 fatos!

  • Cópia de chaves:

Na cidade em que eu moro não há um chaveiro o qual eu possa levar a minha chave e pedir para que este realize uma cópia, acreditam?

Este tipo de trabalho não é permitido por aqui.

Se eu perder a chave, ou se eu desejar ter mais que uma, eu preciso solicitar que um profissional deste ramo venha até o meu apartamento e troque a fechadura, a qual normalmente vem com 3 cópias!

  • Piada sobre as castas:

No Brasil é normal fazermos piadinha com o time de cada pessoa, não é mesmo? Corintiano é ladrão, São Paulino é bichinha e assim por diante…bom, aqui na Índia eles fazem piadinhas com a casta da pessoa….Por exemplo: “ahh, ele é daquela casta que todos são ‘pão duros’”, “Ele não se importa se Você o chamar de estúpido e etc, por que ele é da casta a qual não guarda rancor”.

Uma vez escutei de um amigo: “Camila, esta pessoa é de uma casta tão interesseira que dizemos que se uma mosca cair no chai dela, ao invés dela jogar fora, ela vai esmagar a mosca até tirar a última gota de líquido deste animal e beberá o chai na sequência”. :O

  • Imagens sensuais nos filmes:

Fui assistir um filme americano meses atrás, e em todas as cenas de beijos e etc a camera era aproximada para não mostrar a imagem sensual.

Por exemplo:

Esta é a cena normal, que vemos no Youtube ou em qualquer cinema no Brasil:

1

Já esta é a cena que aparece no cinema aqui da Índia:

2

  • Necessidade de ter filhos:

A Índia é o segundo País mais populoso do mundo, e ainda assim há em todos os casais que conheço uma pressão enorme da família em que eles tenham filhos, mesmo que a família não tenha condições. Tá… ok… no Brasil eu também vejo os familiares questionando para os recém casados quando que “a cegonha” vem! Mas aqui isto ocorre em uma proporção muito maior.

É tanta gente, mas tanta gente (mais que um bilhão, comparado com o Brasil), que na minha visão deveria ter um controle maior.

Entre os tradicionais, se a mulher não conseguir engravidar é algo muito mal visto, ainda nos dias de hoje. 😦

150px-Manjula_Nahasapeemapetilon

  • Visto negado para os EUA:

Para quem não sabe, houve em 2002 uma luta entre Muçulmanos e Hindus na fronteira com o Paquistão. Neste conflito muitas pessoas morreram. O governante daquela região na época era o atual Primeiro Ministro da Índia (Modi), e ele não tomou nenhuma providencia para acabar com os conflitos. Sendo assim, há quem diga que Modi foi culpado pela morte de muitos civis.

Por conta disto, em 2012 o atual Primeiro Ministro não conseguiu seu visto para os Estados Unidos, tendo em vista que, o governo dos EUA não aceita em seu território pessoas que tenham participado de nenhum conflito internacional.

O Presidente dos EUA esteve na Índia no mês de Janeiro, e em Setembro do ano passado o Primeiro Ministro da Índia esteve nos EUA – a relação entre os dois Países está mais forte do que nunca e há muitas negociações ocorrendo entre eles, agora em 2015.

Quem poderia prever que isto ocorreria!? Aqui na Índia isto é motivo de risadas, quando comentado.

 

Famoso Rickshaw indiano….

Logo quando me mudei para a Índia eu fiz uma postagem sobre o famoso tuc tuc indiano, mais conhecido como Rickshaw. Porém, o nome correto deste é Auto Rickshaw, ou seja, ele possui motor.

O famoso Rickshaw é este daqui:

??????????

Eu utilizei este serviço apenas uma vez, no ano passado, em uma distância muito curta, pois era contra ter uma pessoa para ficar me carregando para cima e para baixo, pois requer muito esforço, e na minha visão judia muito do ser humano.

Contudo, o Dilip me fez enxergar a contratação deste serviço de uma outra forma, quando me disse: “Camila, se Você não aceitar ir com ele, e continuar dizendo para as demais pessoas que é um trabalho puxado, este Senhor não terá dinheiro no final do dia para se alimentar”.

E foi depois de escutar isto que a minha ficha caiu. 😦

A realidade daqui da Índia é muito diferente da nossa no Brasil, e será muito difícil para este motorista de Rickshaw conseguir um outro tipo de trabalho, se não tiver mais pessoas utilizando o seu serviço.

Sendo assim, hoje em dia eu digo para os turistas que conheço em Jaipur aceitar visitar o centro da cidade com estes Rickshaw, mas em trajetos curtos, para não abusar também do motorista.

Para finalizar quero deixar para Vocês a imagem abaixo, que encontrei dias atrás na internet, onde está escrito na parte de trás de um Rickshaw: “Cães e Estrangeiros não são permitidos – Apenas aos meus queridos indianos”.

photo

Achei engraçado, pois duvido que se oferecerem para o motorista umas rúpias a mais ele não aceita carregar vários estrangeiros! Rs…