A situação do trabalho em fábricas indianas.

Já faz um tempo que eu recebi uma apresentação de um grande amigo meu que falava sobre a situação do trabalho em fábricas indianas.

Este amigo me enviou esse e-mail com o intuito de saber se o conteúdo que ele tinha visto era verídico.

Na apresentação constava várias imagens de indianos trabalhando em situações precárias, porém meu amigo percebeu que as feições dos trabalhadores eram normais e havia até alguns sorrindo.

A minha resposta foi a seguinte: “Pois é, realmente TUDO o que foi mencionado nesta apresentação é verdade”.

Quando eu vim para cá eu tinha uma visão totalmente diferente, porém hoje em dia eu compreendo melhor o “sistema”. E vou tentar te explicar aqui! 😉

Todo mundo deve saber que a mão de obra na Índia é MUITO barata, e se você for empresário sai mais barato contratar vários funcionários do que instalar inúmeras máquinas na sua empresa (dependendo do segmento que você atua), pois diferente do governo Chinês, o governo indiano não subsidia a energia no País.

Um dos motivos que faz ser tão barato a mão de obra é que a comida também é muito em conta aqui (me refiro a comida que os indianos vegetarianos, simples, estão acostumados). Além de eles terem um sistema de saúde de graça, mesmo que não seja bom.

Um exemplo para Vocês entenderem melhor como que funciona: A empresa que eu trabalhava possui cerca de 4 mil funcionários, sendo a maioria mão de obra nas fábricas e poucas pessoas nos escritórios centrais, os quais possuem ar condicionado e demais facilidades normais para nós brasileiros. Esta empresa possui clientes internacionais com várias lojas pelo mundo, e estes clientes para comprar de fábricas indianas impõe algumas regras, tais como, não ter trabalho infantil, a jornada de trabalho dos trabalhadores precisam ser de ‘X’ horas por semana, entre outras coisas. Estas empresas contratam escritórios indianos de grandes cidades, tais como Delhi e Mumbai para checar tudo isto, mandando relatórios mensais para eles….estas empresas estrangeiras fazem isto para não terem problemas sociais com as ONGs em seus Países.

Há empresas indianas boas, e super grande – No meu caso eu tento sempre trabalhar com estas. Porém, existe sim várias fábricas que possuem crianças trabalhando mais de 10 horas por dia. 😦

Os trabalhadores às vezes dormem nas fábricas, às vezes não, pois muitos tem a família nas Vilas que ficam afastadas e por isto precisam dormir nas fábricas, para conseguirem trabalhar no outro dia.

Na Índia existe ações trabalhistas, com certeza, pois existe lei para tal, mas o que ocorre é que dificilmente há Sindicatos.

Se você for pesquisar encontrará a maioria das ações relacionadas às pessoas que trabalhavam em Bancos, escritórios, ou seja, pessoas mais educadas, com diploma universitario, MBA.

Sendo assim, os trabalhadores não possuem noção do que pode e o que não pode.

Um artesão, de uma Fábrica boa de móveis, por exemplo, ganha mais ou menos 30 mil rúpias por mês, se ele trabalhar muito bem. Isto se refere a mais ou menos USD 500 (quinhentos dólares), o que é um bom salário na Índia, porém ele não se importa em se vestir bem, dormir bem…estas pessoas possuem outros valores. O importante é ter dinheiro guardado, ajudar no Templo, comprar jóias, ajudar pagar o dote para a filha, sobrinha ou qualquer garota da família….se sobrar dinheiro: comprar um carro, moto…enfim…são valores totalmente diferente dos nossos (ocidentais). Eeee, a maioria da população acredita em Karma, que seria mais ou menos: eu estou neste trabalho agora pois em outra vida eu fiz algo de errado.67

É claro que isto não se enquadra para todo mundo. Há pessoas com os salários muito baixo, 5 mil rúpias por mês, porém eles conseguem viver desta forma, pois além da comida ser muito barata, eles moram com mais um monte de pessoas, pois na Índia a maioria da população não deseja a sua liberdade após casar ou terminar a Faculdade (conforme vemos no Ocidente). Tenho amigos que moram com mais de 20 pessoas, entre as quais são todas da família.

Espero ter ajudado Vocês que seguem o blog a compreender um pouco mais sobre o sistema neste País! Mas caso tenha ficado alguma dúvida, podem me escrever aqui nos comentários, que tentarei responder o que eu aprendi nestes meus mais de 2 anos e meio de Índia. 🙂

Anúncios

O Pitbull indiano.

Conhecer o povo de um país é a melhor forma para entender sobre a cultura local – porém, na minha visão, tem que ser o povo de todas as idades e classes sociais, e não apenas de uma comunidade pobre, por exemplo.

Falo isto pois dificilmente encontro informações sobre a Índia, relacionada à área empreendedora, de negócios, e etc – principalmente em português. E isto faz com que a maioria dos brasileiros tenham apenas em mente a pobreza sobre este país.

Claro que há mais pessoas pobres do que ricas na Incrível Índia, porém isto ocorre pelo número de habitantes que este país possui.

Quando as pessoas vem falar mal da Índia para mim eu simplesmente digo: tente colocar 1 bilhão a mais de habitantes no Brasil, diminuir o território pela metade, e você verá o que acontece. Isto ajuda a estas entenderem o porque na Índia é mais fácil encontrar andarilhos nas ruas, pedindo ajuda, do que no Brasil, por exemplo.

Eu já tive o privilégio de ir desde a áreas paupérrimas (favelas) à eventos da classe mais alta da minha cidade (Jaipur), e a cada dia que passa eu reconheço mais semelhanças entre a cultura brasileira e indiana.

Se você já esteve na Índia nos dias atuais, deve ter escutado várias músicas dançantes de uma forma bem americanizada, em hotéis, restaurantes, e claro, nas boates (Sim, na Índia, principalmente nos grandes centros, há muitas baladas).

Isto mostra que a nova geração esta mudada, e que a Índia não possui apenas templos, pessoas devotas, comidas apimentadas e miséria.

Um dos cantores pioneiros em trazer este tipo de música para os indianos é Yo Yo Honey Singh, também chamado entre os meus colegas de o Pitbull indiano…rs.

Algumas músicas mais famosas deste cantor:

Yo Yo Singh recebe muitas críticas entre os indianos mais velhos, que se recussam a escutar este tipo de música, por haver nas letras assuntos sexuais, como fugir com o namorado, armas e palavrões – dizem que este cantor não representa a Índia, seus costumes e visões.

Mas este rapper indiano também possui músicas românticas. Uma que ele gravou recentemente, que pertence a outro músico, é a mencionada abaixo, a qual possui como estrelas no vídeo clip os famosos atores Sonam Kapoor e Hrithik Roshan:

As traduções podem ser encontradas facilmente em inglês na internet.

Espero que gostem das músicas, e se conhecerem algum outro músico pop indiano compartilhem aqui comigo. 🙂

Como lidar com as perguntas indiscretas dos indianos.

  1. “Onde você mora?”
  2. “Quanto que você paga de aluguel?”
  3. “Qual é o seu salário?”
  4. “Quanto que o seu marido ganha?”.

Estas são perguntinhas básicas que muitos indianos (de classe baixa, média e até mesmo alta), pode fazer para você, ao acabar de te conhecer. :S

O que para eles é algo normal, para nós, ocidentais, chega a ser chocante!

Por isto, eu venho através deste post dividir algumas dicas de como sair de situações como estas, sem causar mal estar entre ambas as partes – pois caso você morar um tempo na Índia, com certeza, vai passar por isto.

As frases que eu mais utilizo são:

  1. “Eu não compartilho esta informação com ninguém”;
  2. “Um valor justo pelo local que eu moro” (E quando a pessoa força em perguntar novamente eu respondo a frase mencionada acima);
  3. “O suficiente para me manter na Índia, e fazer com que eu tenha motivos para morar aqui”; e, para a última pergunta eu aconselho a responderem (pois eu ainda não sou casada);
  4. “Não sei, ele não divide esta informação comigo”.

Caso a situação fique muito fora de controle – pois algumas pessoas são bem insistentes ao quererem saber sobre a sua vida – você pode utilizar a frase abaixo, que já serviu para mim em inúmeras vezes:

“Eu não compartilho este tipo de informação. Sei que na sua cultura é normal questionar sobre isto, mas na minha não é. Sendo assim, eu prefiro não falar sobre este assunto”.

Em todas as vezes que utilizei a frase acima, o(a) indiano(a) ficou parado, sem reação, e no final concordou comigo.

A Índia é um País realmente incrível, mas com algumas coisas muito diferente do que estamos acostumados. Para aproveitar de forma completa, e não ficar trancado(a) dentro de casa, tente se adaptar, ou, como no meu caso, criar formas para que a sua vida seja mais prazerosa, mesmo em situações tão estressantes.

Mapa India

Imagem obtida pelo Pinterest – obtenha as informações ao clicar na mesma.

 

Miojo MAGGI é proibido na Índia!

Há mais de 7 anos eu sai da casa dos meus pais e fui morar nos EUA.

Lembro como se fosse ontem, que via a minha família muito preocupada com a minha decisão. O principal motivo? A minha alimentação.

Quem me conhece sabe que eu nunca fui fã de cozinhar, e por isto havia um receio da minha família como que eu me alimentaria estando fora de casa.

Recordo da minha tia me dizendo: “Camila, não coma miojo – este alimento é um veneno para o corpo”.

Ok….Ok….eu sei….mas naquela hora de preguiça, quando eu escutava o meu estômago fazer barulho e queria apenas me livrar da fome, é o miojo que me salvou em várias situações….rs.

Hoje em dia eu tenho mais conciência e cuido melhor da minha alimentação….como diz a modelo Gisele Bundchen: “O seu corpo é o seu templo”.

Bom, o motivo de eu estar falando sobre isto aqui no Blog é que esta semana o tópico mais discutido na Índia foi a proibição da venda deste alimento, conhecido popularmente como Maggi (marca mais famosa de miojos).

Imagem obtida no site http://newshunk.com/

Imagem obtida no site http://newshunk.com/

A razão da proibição?

Foi encontrado um alto índice de chumbo neste alimento.

O engraçado é que há um comercial na TV que fala que este alimento é muito saudável. Conforme Você pode assistir abaixo:

Até a atriz do comercial, Madhuri Dixit, teve que se explicar para as autoridades e para a população indiana. Na internet está rolando várias piadas, como já se podia esperar…

  • A partir de agora as garotas indianas terão que alterar o perfil do site de relacionamento, dizendo que não sabem cozinhar:

IMG_1465

  • Os que gostam de MAGGI continuarão adquirindo este produto, o qual será considerado um vício/ uma droga.

IMG_1456

O próprio governo indiano está processando a Nestlé, que é a empresa responsável pela fabricação do miojo Maggi.

E Você? Já parou para pensar no mal que estas comidas processadas podem lhe causar?