Imóveis em Jaipur.

Muitas pessoas me questionam sobre a qualidade dos imóveis residenciais na Índia.

Em Jaipur há pouquíssimos prédios no estilo ocidental.

Acho que já comentei aqui, mas vale a pena repetir: enquanto eu estava pesquisando um local para eu morar, eu visitei um monte de apartamentos, e era um pior que o outro… :O

Porém existem VÁRIAS construtoras indianas voltadas para o mercado de imóveis em Jaipur e estas possuem projetos fantásticos, que ficarão prontos de 2 a 4 anos.

Segue abaixo algumas delas:

  1. SNG Group
  2. Dhanuka Group
  3. Rajul Infra Co.
  4. Ashadeep Group
  5. Vinkas Estates Ltd.
  6. Mahima Group
  7. Shree Ram Group

Os preços dos apartamentos variam de 4 lakhs até 5 crore, que na nossa linguagem seria de 400 mil rúpias a 50 milhões de rúpias – R$ 17.400,00 a R$ 2.173.913,00.

Estes apartamentos mais caros possuem TODAS as facilidades que Vocês podem imaginar: academia, piscina, quadra de tênis, campo de futebol, sauna, pista para caminhada, segurança 24 horas, sistema de calefação, cinema, área de jogos…enfim, todas as coisas que possuímos em prédios residenciais modernos no Brasil.

Estas facilidades são novas em Jaipur, mas já existem há muitos anos em grandes centros, como Mumbai, Bangalore e Delhi.

O motivo de eu passar estas informações é para Vocês verem como que a cidade que eu escolhi para morar aqui na Índia está evoluindo, e novamente, para não pensarem (principalmente a minha família) que eu vivo no fim do mundo…rs.

Vista da cidade de Jaipur – Chulgiri Temple.

 

Anúncios

2 pensamentos sobre “Imóveis em Jaipur.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s