A questão das castas.

Antes de vir para a Índia havia lido em uma matéria de jornal que aqui havia castas para cada tarefa doméstica.

Também li na mesma época (em uma diferente matéria) que as diferenças sociais, por conta da casta de uma pessoa, eram ultrapassadas, contudo, após três meses de Índia posso dizer que, infelizmente isso não é verdade (Claro que as coisas mudaram, de 50 anos para cá, mas ainda tem muita coisa a ser feita).

Questionei a um amigo se realmente há uma casta específica para cada tarefa, e esse me informou que sim: A tarefa de limpar banheiro é para apenas uma casta, sendo essa a mais baixa da sociedade indiana, chamada Sweepar.

Um exemplo, para vocês compreenderem:

Se você contratar uma mulher para limpar a sua casa, ela não precisa necessariamente limpar o banheiro, pois tal tarefa não se encaixa na casta dela, para tal serviço você precisa contratar outra pessoa.

Aqui na empresa em que trabalho o banheiro fica sujo por dias, pois muitas vezes a pessoa que pode limpar não se encontra no escritório central.

Uma colega indiana me informou que as castas mais altas podem até conversar com pessoas da casta Sweepar, contudo não podem tocá-las, e se isso ocorrer, por acidente, se faz necessário tomar banho!

Acredito que para todos brasileiros tudo isso é um absurdo, fora da nossa realidade, e concordo, porém, conforme comentado anteriormente, espero e acredito que a nova geração consiga diminuir o nível de desigualdade social entre a população indiana.

Anúncios

3 pensamentos sobre “A questão das castas.

  1. Oi Cá, tudo bem?
    Tô meio sumida daqui, mas continuo acompanhando seus posts.
    Estou adorando tudo, principalmente pela diferenças culturais, deve ser uma experiência incrível mesmo.
    Adorei a casa nova, que bom que deu certo e que ter ar condicionado!! HAHAHAH
    Sua foto com os indianos foi demais, uma completa indiana. E é muito peculiar o Happy Hour indiano!
    Saudades imensas, se cuide, beijoo!

  2. acho esse tipo de sociedade uma condenação, vc não poder progredir, mudar de castas é simplesmente o fim, ainda bem que vivemos em uma cultura com sistema diferente de organização da sociedade, porém tenho plena consciência que as desigualdades sociais que existem em nosso querido país também deve ser motivo de espanto em outras culturas. Então! Vive la diference! Voilá!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s